domingo, 17 de abril de 2011

História dos Bairros do Rio de Janeiro - Cidade Nova

Dando continuidade ao histórico dos bairros do Rio de Janeiro, falarei hoje sobre a Cidade Nova.

A região onde hoje situa-se a Cidade Nova era uma extensa região pantanosa. Com os aterros feitos no início do século XIX, nela se formou o “Campo de Marte”, destinado a manobras de tropas militares e exercícios de tiro. Ali foi aberto o Caminho do Aterrado, ou das Lanternas, sobre o qual a Rua São Pedro da Cidade Nova alcançaria a “Ponte dos Marinheiros”, renovada para que a família real tivesse acesso ao Palácio da Quinta da Boa Vista.

Cidade NovaMauá instalou na Rua São Pedro, em 1851, a “fábrica de gás”, projeto do inglês William Bragge, e transformou, em 1857, a vala que corria no aterrado num verdadeiro canal, o atual Canal do Mangue (entre as Ruas Visconde de Itaúna e Senador Eusébio). Em 1895, completou-se o aterro dos pântanos vizinhos com terras que vieram do desmonte do Morro do Senado. Foram, então, abertas as ruas Visconde Duprat, Pinto de Azevedo, Pereira Franco e dos Bondes (Machado Coelho), entre outras.

A região entrou em decadência após a construção da Av. Presidente Vargas, na década de 1940, com o surgimento de cortiços, zona de prostituição (o famoso “Mangue”, onde Luiz Gonzaga, o rei do baião, começou a tocar quando chegou ao Rio de Janeiro) e sobrados em ruínas, até ser renovada a partir da década de 1970. Foram então construídos o Prédio da Empresa Brasileira de Correios Telégrafos e o Centro Administrativo São Sebastião (CASS) - sede da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, projeto do arquiteto Marcos Konder Netto. Na década de 1990 a região recebeu obras que implantaram uma nova infraestrutura voltada para as novas tecnologias de informação e comunicação – o chamado projeto do Teleporto do Rio de Janeiro –, que terminou por concentrar em um prédio uma série de empresas com atuação na Internet.

Cidade Nova
Novas ruas foram abertas e foi construído um prédio anexo ao CASS para abrigar as Secretarias Municipais de Administração e de Fazenda, entre outras. Em julho de 2007, foi inaugurado o Centro de Convenções “RIOCIDADENOVA”, em área de 16 mil m², que inclui prédio tombado de 1869. A denominação, delimitação e codificação do bairro foi estabelecida pelo Decreto nº 3.158, de 23 de julho de 1981, com alterações do Decreto nº 5.280, de 23 de agosto de 1985.

Bairro anterior: Cidade de Deus

Referência: Portal Geo Rio

1 Comentário(s)::

Bao Ritcho disse...

é né --'