segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

História dos Bairros do Rio de Janeiro - Cascadura

Dando prosseguimento ao histórico dos bairros do Rio de Janeiro, falarei hoje sobre o bairro de Cascadura.

Existem três versões para a origem do nome do bairro: a primeira é o relato do livro “Diário de uma Viagem ao Brasil”, publicado pela inglesa Mary Graham, sobre a Fazenda Santa Cruz, fazendo referência ao local como “Casca d’Ouro”; a segunda remonta ao fato da dificuldade que os operários tinham para abrir com suas picaretas a pedreira na construção da estrada de ferro que passava pelo local, chamando-a de “Cascadura”; a terceira um dos seus primeiros moradores era um comerciante arrogante e fechado para negociações, ficando conhecido como “casca grossa” e, posteriormente, “cascadura”.

Cascadura
A região era um ponto relativamente inexpressivo nos limites do Engenho de Dentro com o Engenho da Portela e a Fazenda do Campinho, onde a Estrada Real de Santa Cruz se encontrava, à direita, com a estrada Marechal Rangel, acesso aos engenhos e fazendas de Irajá e da Pavuna. Por volta de 1870, foi erguida a primeira capela da região, dedicada a Nossa Senhora do Amparo, em terras doadas por Joaquim Antonio de Oliveira.

Em 1883, foi instalado o Hospital Nossa Senhora das Dores da Santa Casa, o primeiro para tratamento da tuberculose na cidade do Rio de Janeiro, em antiga propriedade da Chácara do Ferraz. Em 1928, uma cancela separava os trilhos da ferrovia, da Estrada Real (atual Av. Dom Hélder Câmara), cujo prolongamento chamava-se Estrada Coronel Rangel, atual Av. Ernani Cardoso. Por esta estrada passavam carros de bois levando cargas e lenha. Comerciantes traziam produtos hortigranjeiros e outras mercadorias em suas carroças ou lombos de burros. A figura dos mascates (vendedores ambulantes) era muito comum.

Cascadura
A estação ferroviária de Cascadura foi inaugurada em 29 de março de 1858, a pouco mais de 15 km da estação Dom Pedro II (Central do Brasil). Era lá que funcionava o entreposto de cargas dos trens vindos de São Paulo. O chafariz, a cancela e o largo, que separavam a Av. Dom Hélder Câmara da Rua Carolina Machado, foram demolidos no governo Washington Luís para a construção, em 1928, de viaduto projetado pelo Engenheiro Eugenio Baumgart, fazendo parte da primeira Estrada Rio-São Paulo.

Cascadura foi, no passado, o principal comércio do subúrbio do Rio de Janeiro, tanto que o primeiro supermercado do Brasil foi inaugurado no bairro. Hoje funciona no mesmo prédio o Supermercado Vianense, na Praça Nossa Senhora do Amparo.

Bairro anterior: Campo Grande

Referência: Portal Geo Rio e Wikipedia

4 Comentário(s)::

BaoRitcho disse...

--'

nilta disse...

Sou moradora de cascadura e ainda não tinha conhecimento da nossa historia, valeu por postar, abraços.

Unknown disse...

Bom saber da história do nosso bairro,a 33 anos aqui e amante da história achei ótimo esse blog #amocascadura

Marcelo Ventura disse...

Bom saber da história do nosso bairro,a 33 anos aqui e amante da história achei ótimo esse blog #amocascadura