quinta-feira, 15 de março de 2012

História dos Bairros do Rio de Janeiro - Deodoro

Dando continuidade ao histórico dos bairros do Rio de Janeiro, falarei hoje sobre Deodoro.

A região onde localiza-se hoje o bairro de Deodoro era ocupada pelo Engenho Sapopemba, fundado por Gaspar da Costa, em 1612, e pela fazenda do Gericinó, na extensa baixada do Maciço de Gericinó. Tanto o engenho como a fazenda floresceram nos séculos XVIII e XIX. No Sapopemba se produzia açúcar e rapadura e seus canaviais ficavam em Gericinó.

Deodoro
Posteriormente o Barão de Mauá passou a explorar suas terras, sendo substituído pelo Conde Sebastião do Pinho que, endividado, as leiloou. O Banco do Brasil arrematou as terras e passou-as ao Ministério da Guerra. Este fato deu origem às grandes áreas militares e quartéis que foram instalados na região e lá funcionam até hoje. Toda a imensa planície dos campos de Gericinó passou a ser um campo de treinamento do Exército.

Nas décadas 1940 e 1950, o Engenho Sapopemba já absorvera, com o Conde Pinho, a maior parte do Engenho Boa Esperança, onde seria erguida a “Fundação da Casa Popular”, atravessada pela Av. das Bandeiras (atual Av. Brasil).
Com a chegada da Estrada de Ferro Central do Brasil, foi inaugurada, em 1859, a Estação Sapopemba que, depois da instauração da República, foi rebatizada de Estação de Deodoro, em homenagem ao Marechal Deodoro da Fonseca.

DeodoroA estação se tornou uma das maiores do subúrbio. Nela tem origem o ramal de Santa Cruz, inaugurado 1879, que faz conexão com os ramais de Japeri e Paracambi, possibilitando acesso até a Estação Dom Pedro II, no Centro. Mais tarde, na década de 1950, o prefeito Alim Pedro construiu o viaduto de Deodoro na Estrada do Camboatá, sobre a linha férrea. Atualmente, Deodoro, em sua maior parte, é ocupado por quartéis, áreas militares e grandes conjuntos habitacionais.

Bairros anteriores: Curicica e Del Castilho

Referências: Portal Geo Rio

2 Comentário(s)::

BaoRitcho disse...

bisonho --'

marcia coimbra disse...

muito bom o conteúdo