sexta-feira, 26 de fevereiro de 2010

De novo a Árvore Solitária


Árvore Solitária
ÁRVORE SOLITÁRIA

Árvore solitária, cuja silhueta a luz do sol enaltece
Quero ter a tua força que nunca padece
Quero conhecer a tua história e me ver ressurgir
Árvore solitária, que jamais irá partir

Árvore solitária, de raízes robustas e antigas
Quero em ti me inspirar e afastar os perigos
Quero a tua razão para poder sentir
Árvore solitária, que me não deixa mentir

Árvore solitária, de pranto seco e invisível
Quero que me veja suplantar o impossível
Quero ver-te superior, ao longe reinando
Árvore solitária, ainda estou respirando

Árvore solitária, que tudo vê mas não é vista
Quero que me ajude a seguir esta pista
Quero saber como encontrar minha paz
Árvore solitária, eu te amo demais

(Autor Desconhecido)

1 Comentário(s)::

BaoRitcho disse...

bonito ne ow